Quinta-feira , 14 de Junho DE 2012

ÉPOCA DOS ILUSIONISTAS

ÉPOCA DOS ILUSIONISTAS

 

                          Por: Bruno Rocha

 

Começo conceituando o lisionismo á luz do Wikipedia, que o define como arte cénica de entreter e sugestionar uma audiência criando ilusõesque confundem e surpreendem, geralmente por darem a impressão de que algo impossível aconteceu, como se o executante tivesse poderes sobrenaturais. Não querendo generalizar, pois nem todos são iguais,mas estamos nos aproximando da época em que os ilusionistas estão à solta, quer no seu bairro com comícios festa,onde propoem mundos e fundos em troca de voto, ou nos meios de comunicação social repetindo o mesmo fato. Num show de ilusionismo inocente o público alvo são as crianças, que devido a sua inocência ainda não tem a capacidade para ver que tal demonstração é uma ilusão,mas os nossos ilusionitas aqui em questão, o público é outro, os adultos, que apesar de em tese terem a capacidade de entender que determinados atos tem como escopo final a obtenção do seu voto, e que determinadas promessas não passam de pura e simples demagogia, deixam-se levam mesmo assim ´´inocentemente´´ou fanáticamente , pois alguns ficam cegos com os logotipos dos ilusionistas e nãp se apercebem do truque.

 

Assim , caro público cativo destes mestres da ilusão , prestem atenção nos truques,para que depois não seja tarde demais.O destino que sua ilha tomará nos próximos 4 anos dependerá  deles, use a razão na hora do seu voto .  

publicado por brpalavrassoltas às 19:00

Manifesto pela Humildade

Manifesto pela Humildade

                      

                             Por: Bruno Rocha

 

 

 

 

 

Todas as vezes que a seleção nacional(Cabo Verde)começa a disputa por um lugar na fase final, quer pro mundial ou para a Can(copa africana das nações),os caboverdianos, começam a alimentar as esperanças de ver a nossa equipa num desses grandes palcos. E tal esperança

 ganhou força quando o ´´ilustre´´ selecionador nacional teve a audácia de afirmar que ´´ Cabo Verde pode vencer qualquer seleção Africana´´.Sejamos imparciais, deixemos de lado nosso patriotismo  e caíamos na realidade dura e crua, nós nunca nos qualificamos para nenhuma competição internacional,o nosso reterospecto com as potências Africanas é negativo e sem falar que a quando jogamos com seleções hipotéticamente inferiores á nossa,perdemos quase sempre fora de casa, depois de as termos vencido em casa por 2 ou 3 golos de diferença. Mas de onde veio então essa ´´confiança ´´ do nosso selecionador? Não me venham dizer que foi pelo fato de termos vencido a fraquíssima seleção do Madagáscar fora de portas, ou por termos ´´goleado´´ os juniores do Sporting, campeões porTugueses da categoria; que agora somos iguais á Tunísia, Egito, Camarões ou Costa do Marfim, sem mencionar os outros.

Assim,caros crioulos, não nos deixemos levar pelas palavras do nosso já referido ´´ilustre´´ selecionador, pois estaremos caindo de novo numa ilusão, cujo desfecho todos já conhecemos, assistir os outros jogarem pela televisão. Pois já dizia Aristóteles ´´ o ignorante afirma, o cético desconfia, mas o homem de bom senso reflete´´.

 

 

publicado por brpalavrassoltas às 16:47
Sábado , 09 de Junho DE 2012

MEGASIA

MEGASIA

 

               Por: Bruno Rocha

 

 

  

O que seria a hipocrisia? A palavra deriva do latim hypocrisis e do grego hupokrisis ambos significando a representação de um ator, atuação, fingimento (no sentido artístico). Mas não estou aqui para fazer uma reflexão etimológica sobre o termo, mas sim demonstrar a sua presença e aceitação pela população. Que atire a primeira pedra quem nunca fez uma aposta, mesmo que insignificante; ou mesmo que nunca pensou em vencer um grande premio num desses joguinhos de banca ou mesmo das lotéricas?Mas é o primeiro a criticar os apontadores do jogo do bicho, os rotulando de vagabundos e aproveitadores da ingenuidade alheia Isso nada mais é que um exemplo clássico de ato hipócrita; vejamos, todos fazem a sua ‘’fezinha’’ na famosa megassena, e julgam aqueles que fazem o mesmo no jogo do bicho, (não que eu esteja fazendo apologia à prática), trazendo a seu favor a desculpa que é dada pelo governo de que jogos de azar são proibidos, logo jogando o bicho estarei cometendo uma infração, sujeitando-me a penalidades. Mas então o que caracteriza a sorte? Se em ambos os jogos apostamos em números e a probabilidade de vencer é a mesma? Aí, paramos e refletimos, ah, mas é claro a Megassena é regularizada pelo Governo e o bicho não. Digo e repito exemplo clássico de hypocrisa, denunciar alguém por realizar alguma ação enquanto realiza a mesma ação.

publicado por brpalavrassoltas às 22:35
Sexta-feira , 08 de Junho DE 2012

ESCRAVOS DO COLETIVO

ESCRAVOS DO COLETIVO

 

                        Por: Bruno Rocha

 

 

 

  

Já lá vão os anos em que vivíamos sob o regime escravocrata... Será?De uns tempos para cá comecei a reparar que determinadas pessoas, ‘’formam’’ as suas opiniões com base no pensamento coletivo do meio em que se encontram. Embora sejamos seres eminentemente sociais, também temos que ter um pensamento coletivo?

Muitos dizem que a nossa personalidade se forma por aquilo que representamos, falamos , escrevemos, ou seja, as nossas expressões, aquilo que nos torna únicos, nos diferenciando uns dos outros. Assim sendo, podemos dizer que,se pensamos do jeito que o nosso meio pensa, sem ao menos indagar, somos seres sem personalidade?Sob essa ótica sim. Entendamos,se nós vivemos  em uma sociedade extremamente racista, preconceituosa,e nós agimos do mesmo modo, simplesmente porque nós fomos criados assim,então, somos sim personalidade.

Não podemos culpar o coletivo pelas nossas atitudes, possuímos o livre arbítrio, que é a capacidade de escolha pela vontade humana entre o bem e o mal, entre o certo e o errado, conscientemente conhecidos. Assim sendo não poderei aceitar como ‘’ desculpa’’do  individuo que não senta do meu lado num banco de ônibus por eu ser negro,ou daquele que ofende um homossexual   porque é crente em Deus e segundo as escrituras e os ensinamentos que recebeu homem só deve ficar com mulher e vice versa, o fato de que ele foi educado assim. Assim sendo a conclusão é uma só, trata-se de um ser que não possui nem livre arbítrio e nem personalidade.

Sejamos únicos, formemos nossas próprias opiniões e nunca coloquemos a causa dos nossos preconceitos no meio em que fomos criados.

 

 

 

 

publicado por brpalavrassoltas às 05:22

mais sobre mim

pesquisar

 

Junho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

  • Muito bom texto, com conteudo e com capacidade par...
  • Não adianta vocês dizerem que acreditam em um deus...
  • Eu já pensei isso, mas tem que levar em consideraç...
  • Cara veronica Carvalho, meu cumprimentos.Li antent...
  • Bom dia :)Este post está em destaque nos "Recortes...
  • Muito bom, Bru, concordo plenamente...As pessoas s...
  • Esse texto é F.O.D.A. E nós.... hum, nós somos exa...
  • Pois é, Bru... é aquilo que disse ontem... muita g...
  • E no caso da imagem colocada? O mamute matou o car...
  • O que dizer? É realmente tudo isso que vc disse......

mais comentados

arquivos

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro