Da morna ao beef

Da morna ao beef

                                                                           Por: Bruno Rocha

Como sabemos uma das formas mais eficientes para a transmissão de uma determinada mensagem ou expressar um sentimento é  através das tradições orais; nomeadamente pelas estórias, anedotas, música, etc. Em Cabo Verde, a música tradicional, é a morna, que, desde da sua gênese é utilizada através das suas letras para , comumente relatar os problemas enfrentados pelo emigrantes e o cotidiano cabo-verdiano.Apesar de ser a música tradicional nacional e de ter intérpretes como Cesária Évora e  Bana , ícones da música nacional; o ritmo não é muito apreciado  pelos jovens ,que o rotulam como a música dos mais velhos.Eis que então, nos últimos anos, vem ganhando força no território nacional o hip hop, hit de origem norte americana, que vem lançando cada vez mais no cenário musical nacional MC´s. No início , as primeiras letras das músicas de alguns grupos de hip hop, se preocupavam com os problemas da juventude, nomeadamente a droga, o álcool a gravidez na adolescência , entre outros. Porém de uns 3 anos para cá , os problemas do cotidiano tem vindo a ser deixados em segundo plano, dando-se prevalência a meio que indiretamente a uma espécie de apologia ao crime e ao uso de drogas e álcool. Tais fatos, acarretaram consigo críticas da chamada velha guarda do hip hop; por sua vez a nova era no seu direito de resposta , utiliza do hit, para agredir e fazer ameaças aqueles que se sentem incomodados com as suas letras. Essa troca de ameaças e agressões deu surgimento, ao chamado popularmente de beef, que tem sua gênese nas batalhas de mc´s norte americanas.Assim como nos E.U.A, onde existe rivalidade entre os bandos, aqui em Cabo Verde também vem aparecendo essa rivalidade que trouxe consigo além da tradição de se agredir verbalmente através da música o ajuste de contas pessoalmente. Prova disso,é a ilha de São Vicente, onde o hit tem maior incidência, e onde também vem tendo uma onda de violência maior decorrente das disputas entre  as gangs, que muitas vezes acabam em lesão corporal ou no pior dos cenários em óbito.

publicado por brpalavrassoltas às 18:03