Apologia ao crime

Apologia ao crime

                      Por : Bruno Rocha

 

 

 A incitação pública a pratica de qualquer fato delituoso, como também o é a apologia do crime, que se consubstancia na incitação ao crime. Ultimamente na cenário musical nacional,temos vindo a ouvir hits que comprovam essa prática, fazendo com que pessoas resolvam praticar um determinado ato considerado delituoso.Por ser um meio de comunicação social muito eficiente,a música.consubstancia-se como um poderoso órgão de persuasão.O crime oriundo da incitação é formal,independe do resultado, ou seja,equipara-se á própria prática. Vale dizer que esses intérpretes abençoam o delito, como única forma de resolverem os graves problemas que afligem a nossa sociedade, quais sejam: a miséria, a fome, a ignorância, a saúde, esquecidos de que a violência produz mais violência e o caos. Realmente não há coisa pior que a fome, mas não vale apelar pela transgressão como solução. Nessa perspectiva faço um apelo a estes compositores e intérpretes, que se espelhem em Ghandi, grande homem que lutou pela independência da Índia, pregando a favor dos pobres, dos discriminados e dos oprimidos,mas sempre repudiou a violência e o crime. Pois afinal de contas o crime não compensa.

publicado por brpalavrassoltas às 21:14