Do big bang ao doomsday

Do big bang ao doomsday

                                 Por:Bruno Rocha

 

 

As conquistas científicas e tecnológicas vêm afastando o homem contemporâneo do das cavernas. Entretanto, assim como o seu antepassado, o homem moderno ainda não consegue desvendar os mistérios da natureza e do seu próprio destino. Recentemente grandes produções do cinema trouxeram como enredo o fim da raça humana,quais sejam 2012,Doomsday,entre outros.Apesar de sabermos que no cinema é ficção,o tema vem ganhando  na vida real cada vez mais ênfase,isto, porque nos últimos tempos temos assistido a grandes catástrofes que provocaram várias vítimas fatais. A ação devastadora do homem vem contribuindo cada vez, para essas chamadas retaliações da natureza. É sob essa óptica que afirmo que o homem, apesar de se auto declarar como o único ser racional,age como um irracional, pois é o único que têm a consciência de que as suas ações podem destruir o seu habitat, mas mesmo assim as realiza. Em pleno século XXI, o ser humano vê-se às voltas com mais um problema que coloca em risco a sua extinção, além das guerras religiosas, raciais, étnicas, de opiniões e o terrorismo, ele se depara agora com a fúria da natureza. Muitas dessas catástrofes naturais que aconteceram recentemente tiveram como causa, ainda que indiretamente a ação do homem. Se o ser humano continuar as suas  ações de poluição atmosférica que diretamente influi no aumento do aquecimento global, de desmatamento, de desperdício de água, entre outros com o mesmo escopo, não tardará muito para ocorrer outro big bang;só que desta vez a contrario sensu, ou seja em vez de dar origem ao nosso mundo, acabará com ele.

 

OBS: Big bang – grande explosão ; Doomsday – dia do julgamento final

 

 

            

 

publicado por brpalavrassoltas às 21:15