Segunda-feira , 14 de Fevereiro DE 2011

Liberdade de expressão não é liberdade para a difamação

Liberdade de expressão não é liberdade para a difamação

 

Por: Bruno Rocha

 

 

 

A liberdade de expressão, se traduz , como sendo um direito imputado ao indivíduo de expor seus pensamentos , por intermédio da palavra, da escrita ou por qualquer outra forma de propagação sem restrições, ordens, autorizações prévias ou censura por parte da autoridade.Muitos indivíduos se aproveitam dessa liberdade para criar a desordem social, levando muitas vezes a originar conflitos. Porém, temos que saber que, mesmo que na seu conceito esteja incutido a expressão sem restrição, ela possui limites , que a própria lei estabelece. Uma dessa restrições legais é o respeito aos direitos da honra, intimidade e fama dos demais, incluídos no rol dos crimes contra a honra onde se encontra a difamação.Essa deve ser entendida como a conduta adoptada por um determinado indivíduo ou indivíduos ,consistente em divulgar ou publicar manifestações concernentes a uma pessoa que a desacreditam, menosprezam ou desmerecem em sua fama.Assim como também os direitos da sociedade em seu conjunto de que não se divulguem opiniões ou pensamentos atentatórios á ordem pública ou á ordem de convivência estabelecida. Em suma, os indivíduos devem estar cientes de que a liberdade de expressão, apesar de ser a manifestação livre do pensamento nunca deve atentar a ordem pública ou a honra individual.

publicado por brpalavrassoltas às 02:09

Verdade inglória

Verdade inglória

               Por:Bruno Rocha

 

 

Desde criança que nos ensinam que devemos falar sempre a verdade, não importando a repercussão que esta possa vir a ter.Ou seja, ela é tida como o valor fundamental, base de qualquer relação humana.Apesar de ser importante, a verdade, não é o único valor. É preciso ver que outros valores são pelo menos tão importantes quanto a verdade. Noutro dia, assistindo ao filme bastardos inglórios, que retrata a ocupação germânica na França, durante o nazismo, uma cena me despertou atenção em relação á superioridade da verdade em relação aos outros valores.Trata-se de um caso típico da época nazista, onde um homem esconde seus vizinhos judeus em baixo da sua casa, e um soldado nazista , buscando judeus, pergunta-lhe se ele esconde um judeu. Nesse caso,parece-me que dizer a verdade não é o mais importante,pois a vida de uma pessoa injustamente perseguida por um regime totalitário , é mais importante. Sendo assim, e mesmo sabendo que alguns cientistas ainda afirmem que a verdade é o valor fundamental, não devemos sempre colocá-la em frente dos outros valores, porque apesar de ser muito importante , não é a única.

publicado por brpalavrassoltas às 00:10

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
18
19
20
22
23
25
26
27
28

posts recentes

últ. comentários

  • Muito bom texto, com conteudo e com capacidade par...
  • Não adianta vocês dizerem que acreditam em um deus...
  • Eu já pensei isso, mas tem que levar em consideraç...
  • Cara veronica Carvalho, meu cumprimentos.Li antent...
  • Bom dia :)Este post está em destaque nos "Recortes...
  • Muito bom, Bru, concordo plenamente...As pessoas s...
  • Esse texto é F.O.D.A. E nós.... hum, nós somos exa...
  • Pois é, Bru... é aquilo que disse ontem... muita g...
  • E no caso da imagem colocada? O mamute matou o car...
  • O que dizer? É realmente tudo isso que vc disse......

mais comentados

arquivos

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro